Você sabe o que fazer caso seu bichinho tenha alguma emergência?

Não é algo que gostamos de pensar, mas pode acontecer, né?

O ideal, claro, é levá-lo ao seu veterinário de confiança. Sempre.

Qualquer procedimento de primeiros socorros deve ser feito quando o paciente estiver com risco de vida e necessita de estabilização. Mas, logo em seguida, leve o animal imediatamente ao veterinário.

Bom, primeiramente, é importante ter um kit com luva látex, tesoura, tiras elásticas grossas, pomada antisséptica, pomada anti-histamínica, atadura, esparadrapo, termômetro, álcool e água oxigenada.

QUEIMADURAS

Aplicar gelo no local da queimadura.
Após isso, secar a área e aplicar pomada para queimaduras e cobrir com gaze.

HEMORRAGIAS

Com o torniquete, dê um nó perto do ferimento para que a pressão contenha o fluxo sanguíneo da região.

FERIDAS

A primeira coisa a fazer cortar o pelo ao redor da ferida para facilitar a desinfecção.
Desinfete a ferida com água oxigenada e aplique uma pomada antisséptica. Após isso, cubra com gaze.

RESPIRAÇÃO
Se seu cachorro não estiver respirando, o ideal é fazer pressão no tórax. Caso ele siga sem respirar, feche a boca do seu cão, ponha o punho fechado sobre o nariz e use-o como se fosse um tubo para sobrar ar nos furinhos do nariz.

ATROPELAMENTO
Evitar mover o cachorro. Normalmente atropelamentos acabam resultando em fraturas, nessa situação deve-se imobilizar o local da fratura com algo fixo. Caso seja uma fratura exposta, cubra com um pano e evite contato do local.
E lembre: NUNCA tente colocar o osso de volta no lugar

Esperamos que você não tenha que recorrer a nenhuma dessas medidas. Nunca.

Mas é sempre é bom saber o que fazer.

___
Por ElevenChimps