Criamos uma lista de músicas para acalmar cachorros no Spotify para você.

Há quem diga que o cachorro é a cara do dono. Então, não seria de se estranhar se os gostos musicais também fossem parecidos.

Normalmente os sons preferidos dos animais são aqueles relacionados à momentos alegres e às músicas que o dono costuma escutar. Entretanto, estudos mostram que os sons mais bem recebidos pelos animais são as músicas para bebês e música clássica.

Na Universidade de Michigan (EUA), pesquisadores descobriram que o som de harpa ocasiona efeito calmante nos cachorros, e que solos de violino podem eliminar certas dores.

O cérebro humano (que nada mais é do que um cérebro de mamífero) possui áreas capazes de gerar bloqueios aos estímulos dolorosos provenientes das vias nervosas, o que leva a crer que com os demais mamíferos também seja assim.

As ondas sonoras são captadas pelo pavilhão auricular e chegam ao conduto auditivo e ao tímpano, cujas vibrações atingem o ouvido médio, onde são convertidas em impulsos nervosos.

Esses impulsos chegam ao cérebro por meio do nervo óptico e ali são interpretados. De acordo com a qualidade harmônica do som são produzidos efeitos positivos ou negativos, benéficos ou não ao sistema psicobioenergético.

As fibras nervosas convertem o som captado em estímulo nervoso. O encadeamento de estímulos produz efeitos no organismo de humanos, animais e plantas.

A música calma, com timbres harmônicos, tem um efeito analgésico e anestésico.

O oposto acontece com sons estridentes e muito fortes, que não possuem harmonia e criam hiper estimulação das células nervosas gerando estresse dos neurônios.

Um estudo realizado em parceria pela Sociedade Escocesa de Prevenção à Crueldade Contra Animais e o professor de fisiologia integrativa Neil Evans, testou o comportamento dos animais após terem escutado diversos tipos de música.

Além da música clássica – já testada anteriormente – ritmos como pop, reggae e soft rock entraram na playlist dos animais, que ao final mostraram um controle melhor da agressividade e de latidos ao som de reggae e soft rock.

Segundo Neil Evans, em entrevista para a BBC News: “Assim que as canções começavam, os cachorros ficavam mais calmos, os batimentos cardíacos desaceleravam e o nível de cortisol, o hormônio do estresse, caía.

A música harmônica traz diversos benefícios para os cães sendo alguns deles: acalmar o sistema nervoso, relaxamento, sonífero, regulador, psicossomático, analgésico e/ou anestésico, equilibrar o sistema cardiocirculatório e o metabolismo profundo. Sendo assim uma boa playlist é capaz de alterar o comportamento dos animais, deixando eles menos estressados e agressivos.

Pensando nisso e no bem-estar dos nossos dogs, criamos uma playlist no Spotify para acalmar os dogs.

Aqui estão algumas dicas para aproveitarem ao máximo a nossa playlist de músicas para acalmar cachorros.

  1. Coloque a playlist quando estiver relaxado e tranquilo com o seu cachorro. Associe essas músicas à momentos de interação de vocês. Assim, ele irá associar essas músicas com tons melódicos, e que normalmente acalmam o animal, com boas lembranças.
  2. Ao sair de casa, coloque ele para ouvir as músicas que você escutou com ele anteriormente. Não há limitação de tempo. Ou seja, se deixar o som ligado, e sair para trabalhar, não haverá problemas!
  3. Observe as reações e diversifique as músicas, para assim descobrir as preferências do seu cachorro.
  4. Nada de som alto, hein? A capacidade auditiva dos cachorros é quatro vezes maior do que a nossa.

O time de veterinários da ElevenChimps selecionou cada uma das músicas dessa playlist com muito carinho, e cada uma, com seu timbre e vibração diferente, contribuem para o bem-estar e relaxamento do seu cachorro.

A Playlist pode ser acessada clicando aqui!

Esperamos que gostem =)

___
Por ElevenChimps