Seu tamanho corresponde ao tamanho de sua força e coragem.

Brincalhão, engraçado, às vezes bruto, mas muito fiel……

Vamos saber um pouco mais sobre a história do Bull Terrier?

História

Antigamente – principalmente na Europa antiga, era muito comum a prática de apostas sobre briga entre cães (ainda bem que hoje em dia essa prática foi proibida!).

Motivados por essas rinhas, os europeus começaram a  cruzar diversas raças na intenção de achar uma que, tanto quanto a anatomia quanto em relação ao temperamento, fosse perfeita para lutar. E ganhar, claro.

E foi em meados de 1835, após diversos cruzamentos, que nasceu o Bull Terrier, habilidoso nas brigas.

Com a proibição dessas lutas, sobrou essa raça que tanto amamos, o Bull Terrier.

Temperamento

Brincalhão, engraçado, às vezes bruto, mas muito fiel.

Na verdade, o cuidado que se deve ter é de se atentar com a aproximação de outros cachorros, já que seus antepassados eram pouco agressivos quando próximos a outros cachorros.

Mas vale lembrar que, esse lado mais sociável do Bull Terrier pode ser conquistado através de adestramento.

É um pequeno guerreiro, que fará de tudo para defender o seu dono.

Cuidados

Como sabemos, infelizmente algumas raças possuem predisposição à certas doenças.

No caso dessa raça, uma doença que se mostra bem presente é o câncer e problemas de pele.

Por isso vale a pena ficar de olho e tomar precauções maiores quando se trata dessas afecções.

Seu pêlo é curtinho e não dá muito trabalho.

Em geral é uma raça que precisa de poucos cuidados.

Na verdade, seu principal cuidado deve ser garantir que seu Bull Terrier se exercite bastante.

Você tem um? Conta para a gente como ele é. Ah, e queremos foto também. =)

___
Por ElevenChimps