Com a posição de 1ª lugar no ranking de inteligência e obediência, o Border Collie é um cachorro muito conhecido nas provas de desempenho, se destacando também pela sua beleza e personalidade forte.

Vamos saber um pouco mais sobre a história do Border Collie?

História

Ao longo de vários anos nada mudou em relação ao espírito do Border Collie. Ele continua sendo um cachorro extremamente ativo e trabalhador.

Os Collies foram divididos em cinco raças: Rough Collie, Collies, Pastor de Shetland, Bearded Collie e o Border Collie propriamente dito.

O nome Border foi escolhido pois a área onde estes cachorros foram criados fica nas fronteiras de Gales e da Escócia com a Inglaterra. A tradução de Border, do inglês para português, é “fronteira”. 🙂

Desde que surgiu, a raça é (e continua sendo) a queridinha dos criadores de ovelha. principalmente por sua obediência e agilidade. E foram exatamente essas duas qualidades principais que levaram os Borders à lista de cachorros de exposição da AKC, onde se destacam em provas que envolvem esforço físico.

Temperamento

O Border é um cachorro extremamente ativo, portanto, colocá-lo dentro de um apartamento é algo bem complicado. Ele precisa de espaço para gastar toda a sua energia, que não é pouca!

Raramente agressivo, se dá bem com outros animais e pessoas, mas é desconfiado e protetor em relação a estranhos. 

Sua inteligência e capacidade de concentração o transformam em um dos cachorros mais fáceis de se adestrar, 

No geral, é bastante sociável, bem adaptado ao convívio familiar, interagindo bem inclusive com outros animais.

Em contrapartida, possui um instinto de caça bastante aguçado, o que geralmente o torna líder dos demais cachorros da casa.

Descrição e aparência

Tem a pelagem longa e lisa, sendo necessária escovação de uma a duas vezes por semana.

Seus membros são fortes e musculosos, o que confere um perfil atlético a essa raça.

As cores mais comuns são preto, branco e preto ou branco e castanho.

Cuidados específicos

É importante saber que, por ser um cachorro atlético, é bem tolerante a dor.

Logo, não demonstra facilmente quando algo o incomoda. Fique atento aos pequenos sinais de dor para garantir que qualquer problema seja resolvido antes de tornar algo grave.

Tem uma extrema necessidade de ocupação, precisando sempre de atividade tanto física quanto mental.

 

E você, tem ou já teve um Border Collie? Conte pra gente nos comentários!

___
Por ElevenChimps