Nesses casos, o melhor a fazer é resistir à qualquer olhar pidão.

Sempre estamos comentando aqui com vocês, o benefício da alimentação natural e como isso preserva a saúde e qualidade de vida nos cachorros.

Mas, é necessário compreender que também existem alimentos tóxicos para eles que, dependendo da quantidade ingerida, podem até levar à morte.

Nossa Doctor listou a seguir 10 alimentos que cachorros não podem comer.

Leia com cuidado, e força para resistir àquele olhar pidão.

1. Alho

O alho contém uma substância denominada tiossulfato que pode causar anemia hemolítica, além de possíveis danos no fígado.

Portanto, alho só para espantar vampiros!

2. Abacate

Essa fruta delícia que usamos para fazer guacamole contém uma substância tóxica chamada persina, que  pode resultar em problemas gastro-intestinais.

No puede comer, hombre!

3. Cebola

Assim como o alho, possui  tiosulfato.

Há casos de cachorros que desenvolveram anemia e que, após pararem com a ingestão de cebola, se recuperam totalmente.

E ainda evita o mau hálito.

4. Café

A bebida mais brasileira que existe contém componentes tóxicos (como a xantina) que podem causar danos ao sistema nervoso e sistema urinário, além de ser um estimulante cardíaco.

Aqui na ElevenChimps a gente adora um cafezinho, mas nossos dogs ficam longe.

5. Chocolate

Teobromina é o nome da substância existente no chocolate que é extremamente tóxica para o sistema nervoso.

Ela pode provocar crises alérgicas, aumento da pressão arterial, taquicardia, arritmia, tremores e convulsões.

6. Uva

A maior vilã quando o assunto é o funcionamento dos rins. Existem registros de cachorros que, com apenas 6 (seis) uvas, apresentaram insuficiência renal aguda.

7. Macadâmia

A macadâmia contém uma toxina desconhecida que pode afetar os músculos, o sistema digestivo e o sistema nervoso dos cães.

Já foram registrados casos de paralisia.

8. Ossos cozidos

O osso, quando assado ou cozido, tem sua estrutura modificada e se torna mais rígido, tornando mais arriscado que alguma parte quebre e possa perfurar o trato digestivo do cachorro.

Se pretende oferecer ossos para seu cachorro, prefira-os crus e de tamanho proporcional ao porte do seu amigão.

9. Álcool

O efeito do álcool nos cães são maiores, pois o seu estômago é mais sensível  e o sangue do animal absorve mais rapidamente, o que gera uma série de situações de risco.

Mas acho que a gente nem precisaria explicar o motivo, né?

10. Açúcar

O problema principal deste alimento é a capacidade de alterar o trato gastrointestinal e, em alguns casos ocasionar pancreatite.

Além de predispor os cachorros a cáries e outros problemas dentários.

As intoxicações  e malefícios vão depender do porte do animal, da quantidade do alimento que ele ingerir e da sua sensibilidade ao alimento.

O ideal é observar os sintomas após a ingestão e, caso haja complicações, levar o animal ao veterinário.

No mais, é isso. Agora é só resistir aos olhares pidões. Pela saúde do seu cachorro!

___
Por ElevenChimps